Mais Visualizações

Imunis (Proteção & Vitalidade) - Volume: 60 mL

R$58,00

Disponibilidade: Em estoque

Short Description

Tonifica e modula as defesas psíquicas e etéricas trazendo ressonâncias positivas sobre o sistema imunológico. Elimina “toxinas mentais e emocionais”. Protege contra a absorção involuntária de ideias e sugestões alheias contrárias à vontade individual. Preserva os níveis internos de vitalidade, além da ação depurativa. Palavras-chave: Alergia, Imunologia, Herpes, AIDS, Câncer, Sinusite, Rinite, Reumatismo, Infecção Garganta, Inflamação Garganta.

Descrição

Detalhes

Apresentação: solução oral líquida.

Volume: 60 mL.

Acondicionamento: frasco de vidro âmbar com tampa rosqueada e conta-gotas.

Segurança:  lacre termocontrátil.

Composição: essências e cocções florais, álcool de cereais, água mineral.

Graduação alcoólica: 25% v/v.

Modo de Uso Padrão: Para Adultos e Crianças Acima de 12 Anos: 4 a 20 gotas, diluídas em um pouco de água, 4 vezes ao dia. Para Crianças de 3 a 12 Anos de Idade: 4 a 10 gotas, diluídas em pelo menos meio copo de água, 4 vezes ao dia.

Validade: 3 anos a partir da data de fabricação.

Registros: produto isento de registro - MS/SVS/GABIN nº 479/98 - IN/ANVISA nº 9/09 - INPI: 818380675.

Responsável Técnico: Dr. Breno Marques da Silva - CRQMG 02300952.

Resenhas

Resenhas de Cliente

IMUNIS Analisado por (Eunice Stock, Porto Alegre – RS).
“Minha mãe tem 85 anos, está acamada por mais de dois anos, usando fraldas. Há um
ano, ela começou a sentir coceiras por todo corpo. Meses depois, surgiram bolhas no
pé, em seguida, no resto do corpo (até dentro da boca). Levei-a em alguns médicos
dermatologistas, solicitaram exames. Disseram-me que a causa é a baixa imunidade,
e que as bolhas são autoimunes para proteger o organismo. Existe um tratamento
caríssimo, que o plano de saúde cobriria. Ela teria de 'baixar no hospital', pois o
tratamento causa desconforto ao paciente. Pedi ajuda a Deus! Dias depois, eu me
lembrei do Fi-Floral Imunis dos Florais de Minas. Como esse Fi-Floral foi utilizado nos
tratamentos de quimioterapia em duas pessoas conhecidas, as quais reagiram muito
bem, com pouquíssimos efeitos colaterais ao tratamento, resolvi então usá-lo. No
início, de maneira intensiva, de hora em hora, dez gotas; a coceira já foi aliviando;
depois, de duas em duas horas, dez gotas; após certa melhora, de três em três horas,
dez gotas (sempre em meio copo d'água). E sigo administrando esse Fi-Floral. A
coceira e as bolhas sumiram completamente. Graça a Deus! Obrigada por tudo, um
forte abraço e que Deus continue abençoando o trabalho de vocês!” (Publicado em 31/08/2016)
Pesquisadora de terapia floral Analisado por Ednamara B. Vasconcelos
“Em minhas viagens para ministrar cursos, nos contatos diversos que mantenho com
terapeutas e usuários dos Florais de Minas, realçantes têm sido os depoimentos a
respeito da eficácia do Fi-Floral Imunis. Principalmente na redução dos efeitos
colaterais dos tratamentos alopáticos mais severos, aos quais, muitas vezes, se
submetem os acometidos por câncer. Além de ser a orientação para qualquer pessoa
sob tratamento de câncer, por fortalecer o sistema imunológico, Imunis tende a
diminuir o mal-estar (enjoos, queda de cabelos, indisposições gerais) provocado pela
quimioterapia, radioterapia ou iodoterapia.” (Publicado em 31/08/2016)
IMUNIS Analisado por J.M.
“Sua família, ciente de seu frágil estado de saúde, providenciou sua vinda do
nordeste brasileiro, local onde residia por 5 anos, para sua terra natal, Itaúna (MG). J.
M. chegou com a saúde extremamente debilitada. Os exames confirmaram o vírus
HIV. O tratamento médico teve continuidade em uma clínica especializada.
Paralelamente, J. M. iniciou o uso do Imunis, orientado por uma terapeuta conhecida
da família. Cuidados e carinhos não faltaram para este homem, por parte de toda a
sua família. O acompanhamento médico também foi de excelente qualidade.
Gradativamente, o estado de saúde de J. M. melhorou. O uso do Imunis, bem como
do 'coquetel' de medicamentos, prosseguia. Pela seriedade do caso, os resultados
surpreenderam a equipe médica, mesmo levando em conta a alta qualidade do
tratamento convencional. A família e o médico, chefe da equipe, relataram que o
amor familiar e o uso do Imunis podem ter gerado este diferencial positivo no
resultado (Publicado em 31/08/2016)
imunis Analisado por (I. B. R., senhora, 71 anos, viúva, 8 filhos).
“Sofria muitos incômodos decorrentes de colecistite (inflamação da vesícula biliar,
geralmente associada à obstrução da mesma por uma pedra). Era uma dor intensa no
lado direito do abdome, abaixo das costelas, que sempre aparecia após a
alimentação. I. B. R. adorava, como ela dizia, “as carnes gordas” e quanto mais
satisfazia tal desejo, pior eram suas cólicas logo após as refeições. Seguindo o
tratamento médico convencional, I. B. R. foi submetida à colecistectomia (remoção
cirúrgica da vesícula). Durante a cirurgia, a equipe médica percebeu maior gravidade
no caso, e então coletaram material para a biópsia. O resultado da biópsia comprovou
que se tratava de um tumor maligno. I. B. R., após recuperação cirúrgica, teve que se
submeter à quimioterapia, mas, antes disto, sua sobrinha, terapeuta floral, sugeriu o
uso do Fi-Floral Imunis. Tal escolha teve como objetivo reforçar as defesas
imunológicas e atenuar os efeitos colaterais da quimioterapia. Devido ao estado
avançado em que se encontrava o tumor, com várias metástases, o período de vida
física de I. B. R. foi breve. Todavia, surpreendente foi a quase total ausência de
efeitos colaterais decorrentes da quimioterapia. Durante os 4 meses de tratamento
quimioterápico, I. B. R. praticamente não sentiu enjoos, e a queda de cabelos, tão
frequente nestes casos, ficou bem reduzida. Ficou garantida uma melhor qualidade
de vida, mesmo com a situação difícil de seu corpo físico doente, sujeito a um
tratamento muito drástico.” (Publicado em 31/08/2016)
IMUNIS Analisado por D.M.M
“Desde criança sofria com amigdalite. As crises vinham de dois em dois meses, e
pioravam consideravelmente com o inverno seco de sua cidade. Sentia muitas dores,
febre, inchaço dos gânglios (íngua), dificuldades para engolir, falar, mudança no
paladar, olfato e no hálito. Muitas vezes, as crises eram acompanhadas de vômitos.
Não suportando a situação, resolveu procurar o tratamento médico especializado, e a
recomendação de seu médico foi a tentativa com antibióticos. Porém, já na primeira
consulta, ele deixou claro a forte possibilidade da retirada cirúrgica das amígdalas. D.
P. M. estava disposta a qualquer tratamento, mesmo que radical, para sanar o seu
problema. Há anos sofrendo, nem queria considerar que a retirada das amígdalas
poderia deixar o seu organismo desprotegido no combate às infecções. Ela sabia que
as amígdalas funcionam como o primeiro escudo contra as bactérias que tentam
invadir o organismo. Pessoas sem amígdalas desenvolvem mais faringites. Deveria
evitar tal recurso, ao máximo, assim como se deve evitar os excessos na
administração de antibióticos. Eles provocam reações no organismo, além de
favorecer o aparecimento de bactérias resistentes, quando utilizados
indiscriminadamente. Este foi também o alerta de seu pai, conhecedor e pesquisador
das terapias alternativas. Então, D. P. M. iniciou o tratamento com o Fi-Floral Imunis.
De início, optou por uma posologia mais intensiva que o padrão: 80 gotas, diluídas
em meio copo de água, 3 vezes ao dia. Com uma semana de uso, sentiu-se quase que
completamente recuperada. Prosseguiu então com a posologia de 20 gotas, quatro
vezes ao dia. Desde que iniciou o tratamento com Imunis até o atual período, o que
conta cerca de 5 anos, somente sofreu de amigdalite uma única vez: após sair de um
estabelecimento fechado e aquecido, e ficar bem molhada por uma tempestade.
Ainda hoje, como preventivo, e principalmente na época de mudança de estação, D.
P. M. utiliza o Imunis. Tamanho foi sua admiração, alívio e surpresa com a ação deste
produto, que hoje ela se tornou uma entusiasta do Imunis.”
(Publicado em 31/08/2016)
IMUNIS resolve meus problemas de garganta rapidamente Analisado por D.M
Atualmente quando minha garganta arranha ou apresenta placas, aplico IMUNIS direto nela, e assim indico para adultos e na diluição correta para crianças. Simplesmente resolve todo o problema. Enquanto eu morava fora para fazer faculdade sofria de dores de garganta sucessivas, a cada 2 ou 3 meses, chegava ao ponto de fechar a garganta pela quantidade de placas e só conseguia resolver com antibióticos fortes. Um médico chegou a me dizer que apenas uma cirurgia resolveria meu problema. Meu pai, conhecedor dos benefícios da terapia floral, disse que era um absurdo, visto que ele mesmo já havia feito uso de IMUNIS e obteve sucesso no tratamento de um problema semelhante. Experimentei, feliz de fugir de uma cirurgia e isto já faz uns 12 anos. Minha garganta nunca mais coçou. Super, hiper, mega indico. (Publicado em 09/03/2016)

Escrever sua própria revisão

Você está revisando: Imunis (Proteção & Vitalidade) - Volume: 60 mL

Etiquetas de Produto

Use espaço para separar as tags. Use aspas simples (') para frases.