Detalhes de análise

Imunis (Proteção & Vitalidade) - Volume: 60 mL

Imunis (Proteção & Vitalidade) - Volume: 60 mL

Análise do produto (enviada em 31 de agosto de 2016):
“Desde criança sofria com amigdalite. As crises vinham de dois em dois meses, e
pioravam consideravelmente com o inverno seco de sua cidade. Sentia muitas dores,
febre, inchaço dos gânglios (íngua), dificuldades para engolir, falar, mudança no
paladar, olfato e no hálito. Muitas vezes, as crises eram acompanhadas de vômitos.
Não suportando a situação, resolveu procurar o tratamento médico especializado, e a
recomendação de seu médico foi a tentativa com antibióticos. Porém, já na primeira
consulta, ele deixou claro a forte possibilidade da retirada cirúrgica das amígdalas. D.
P. M. estava disposta a qualquer tratamento, mesmo que radical, para sanar o seu
problema. Há anos sofrendo, nem queria considerar que a retirada das amígdalas
poderia deixar o seu organismo desprotegido no combate às infecções. Ela sabia que
as amígdalas funcionam como o primeiro escudo contra as bactérias que tentam
invadir o organismo. Pessoas sem amígdalas desenvolvem mais faringites. Deveria
evitar tal recurso, ao máximo, assim como se deve evitar os excessos na
administração de antibióticos. Eles provocam reações no organismo, além de
favorecer o aparecimento de bactérias resistentes, quando utilizados
indiscriminadamente. Este foi também o alerta de seu pai, conhecedor e pesquisador
das terapias alternativas. Então, D. P. M. iniciou o tratamento com o Fi-Floral Imunis.
De início, optou por uma posologia mais intensiva que o padrão: 80 gotas, diluídas
em meio copo de água, 3 vezes ao dia. Com uma semana de uso, sentiu-se quase que
completamente recuperada. Prosseguiu então com a posologia de 20 gotas, quatro
vezes ao dia. Desde que iniciou o tratamento com Imunis até o atual período, o que
conta cerca de 5 anos, somente sofreu de amigdalite uma única vez: após sair de um
estabelecimento fechado e aquecido, e ficar bem molhada por uma tempestade.
Ainda hoje, como preventivo, e principalmente na época de mudança de estação, D.
P. M. utiliza o Imunis. Tamanho foi sua admiração, alívio e surpresa com a ação deste
produto, que hoje ela se tornou uma entusiasta do Imunis.”